terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Usados pelo maligno

"E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela." (Gênesis 3:6)

Desde o jardim do Éden, o inimigo vem usando o ser humano para gerar discórdias entre os homens, a primeira discórdia gerada foi entre Adão e Eva, no qual ele persuadiu a Eva para que ela cometesse um erro e depois usou a Eva para persuadir Adão, para que ambos caíssem.

Na bíblia existem outros casos, como da mulher de Abraão que de certa forma deixou de confiar em Deus, acredito que ela deixou se levar por uma semente do mal, se assim posso dizer, ao deixar de acreditar que ela daria a luz a uma grande nação ela deixou de ser usada por Deus.  Não pense que só foram às mulheres a serem usadas pelo inimigo, Davi foi usado pelo inimigo, quando cometeu adultério e assassinato; Caim também foi usado pelo inimigo; Existem tantos outros que foram usados em determinando momento pelo inimigo.

O fato de vacilarmos um minuto em nossa fé abre uma brecha para o inimigo pode usar a mim e a você para fazer os planos dele, ele aproveita cada oportunidade, a mais simples que seja para mostrar o seu poder e infelizmente nós não prestamos atenção na situação e deixamos nos levar e sermos usados de maneira simples e sorrateira pelo maligno.

Tenha certeza toda vez que ele usa os filhos de Deus para causar discórdia e desentendimento, ele faz com prazer para que nos sentirmos longe do Pai, sentirmos desamparados, quando estamos bem com Deus não temos porque vacilar, em 1 Coríntios 10:12 "Aquele, pois, que pensa estar em pé, cuida para que não caia.", devemos ter cuidado e fortalecer a nossa comunhão com Cristo a cada instante para que não sejamos usados e nem deixamos brecha para o inimigo.

A cada momento de nossas vidas devemos primeiramente nos consagrar a Deus e pedir sabedoria de como agir e de como falar, devemos saber como lidar em todas as situações. Eu sei o quanto isso é complicado, às vezes deixamos que alguns sentimentos que são propícios do maligno venham a tona e dominem o nosso coração fazendo fraquejar, devemos nos atentar para nossa comunhão a cada instante, lembrar sempre de orar, buscar e ouvir a voz de Deus.

A cada dia temos uma batalha espiritual acontecendo em nossas vidas, o inimigo querendo se aproveitar de qualquer momento de falhas e os anjos do Senhor nos protegendo, mas a decisão é sempre nossa de querer ser usado por Deus ou pelo maligno, essa decisão só você pode tomar, pense bem e reflita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário